segunda-feira, 30 de junho de 2008

STRESS: A DOENÇA DO CAPITALISMO

Os sete agentes estressores

As dívidas certamente ocupam o primeiro lugar:

O medo das contas que chegam, a ansiedade com a possibilidade de inadimplência, o nome que pode ir para as associações de cobrança são estressores poderosos .
O segundo estressor é a busca incessante pelo sucesso, pela habilidade de ser capaz de comprar não apenas as coisas que necessitamos, mas principalmente aquelas que desejamos. É o way of life que as sociedades capitalistas nos impõem.
O que nos leva ao terceiro estressor:

o medo de perder o emprego ou a fonte de renda e com ele a habilidade de prosseguir com os próximos passos da escada do sucesso.
Um quarto fator que dispara o estresse financeiro é o medo do envelhecimento sem qualidade. Isso explica, por exemplo, o enorme avanço da previdência privada no Brasil. Esse medo ainda que resida em algum momento de um futuro distante para muitos de nós, é uma ameaça permanente diante de tanta instabilidade econômica e política.
Um quinto estressor é o medo de retroceder na posição social. Ou seja, não ser capaz de manter o status quo, ou o estilo de vida a que se está acostumado: o envelhecimento do carro que não se consegue substituir, o bairro onde se vive que começa a ficar decadente, o casamento que parece estar ruindo (Como será viver divorciado, com recursos menores?); a empresa que vai demitir (Será que consigo emprego com o mesmo salário?), etc.
Um sexto estressor financeiro decorre do lugar em que vivemos. Sim, claro, se hoje você mora nos EUA, certamente acorda todos os dias pensando na crise que ruge no horizonte. Em 2002, os pesadelos de quem vivia no Brasil (empresário ou investidor principalmente) eram mais apavorantes do que qualquer filme de terror e torçamos para que a crise americana não respingue no hemisfério sul.
Além disso, quem mora em diferentes lugares do Brasil, independente de crise ou não, sente o estresse financeiro de maneira diferenciada: no campo, na cidade, São Paulo, Fortaleza...
Um sétimo estressor financeiro está relacionado à raça, gênero, idade.

Fonte: Eliana Bussinger, médica/VYA ESTELAR

Um comentário:

Brasil Empreende disse...

Ola visitei seu blog e gostei muito e gostaria de convidar para acessar o meu também e conferir a postagem: “Chiclete: Um novo ponto de vista!!!” Estamos realizando, também, enquetes e gostaríamos de contar com o voto de vocês.
Sua visita será um grande prazer para nós.
Acesse: www.brasilempreende.blogspot.com
Atenciosamente,
Sebastião Santos.